Os “desejos húmidos” totalitários e fascistas dos dignitários da União Europeia

Josep Borrell (espanhol, catalão), militante da actual geringonça esquerdopata espanhola de que foi ministro do Exterior (2018), eu-burocratas-400ex-presidente do parlamento europeu, o actual vice-presidente da Comissão Europeia e Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança desde 2019 — é desta merda que a União Europeia se alimenta!

Numa conferência de embaixadores da Alemanha, realizada na Segunda-feira passada e a propósito da próxima presidência rotativa da União Europeia por parte da Alemanha que começa em Julho, a grande besta descreveu o COVID-19 como “o grande acelerador da História”, antes de anunciar “o fim do sistema liderado pelo Estados Unidos” e o advento do Poder glorioso da China.

O grande filho-de-puta esquerdopata afirmou que “aumenta a pressão para a União Europeia escolher entre os Estados Unidos e a China”.

O cabrão continua, depois, a esquerdar — afirmando que a União Europeia deve “mostrar disciplina colectiva” no sentido de se sintonizar com as políticas da China — porque, alegadamente, o modelo chinês é mais consentâneo com o futuro da União Europeia do que o modelo político americano (baseado na liberdade política e económica).

Bem sei que a referida cavalgadura, enquanto individuo, tem o direito à livre expressão da sua opinião; mas é intolerável que enquanto vice-presidente da Comissão Europeia, o-filho-de-uma-grandessíssima-alternadíssima se afirme partidário do sistema fascista chinês.

Eu não sei se é uma agenda política (dos me®dia), ou pura estupidez natural

“Todos os dias, depois de engolirem impávidos e serenos tudo o que o poder e a DGS lhes digam ou o contrário, os pobres diabos dos telejornais têm dois pequenos momentos obtusos sobre o Brasil e os EUA. O conteúdo é planeado e escrito por uma combinação de imbecis e chicos-espertos.”

A horinha dos imbecis


Covid-15-5

Os me®dia e o covid19 no Brasil (1)

As mortes (por milhão) subiram ligeiramente no Brasil (3,43), mas continuam abaixo da Suécia (4,46), da Espanha (4,86), dos Estados Unidos (4,88), do Reino Unido (5,10), e da Bélgica (5,18); mas só vejo os me®dia a preocuparem-se com o Trump e com o Bolsonaro.

O gráfico representa a evolução desde 30 de Abril a 10 de Maio 2020.

new-covid-deaths-per-million-10-5

A mentira sistémica e nojenta dos me®dia portugueses

Se eu fosse jornalista, sentiria uma vergonha profunda pela SISTEMÁTICA manipulação da informação.

Gente como o Miguel Sousa Tavares deveria ter uma pinga de vergonha na cara quando critica o presidente Jair Bolsonaro pela gestão da crise do covid19 no Brasil.

Temos aqui em baixo um gráfico das mortes no Brasil devido a COVID19; e verificamos que “o lindo Portugal do António Costa” (o Portugal dos jornaleiros esquerdopatas portugueses) tem — de longe! — um pior desempenho do que o Brasil de Bolsonaro.

O Brasil tem 43 mortes por milhão de habitantes. Portugal tem o dobro das mortes brasileiras, por milhão de habitantes.

Mentirosos da me®dia!

brasil-covid19-webbrasil-covid19-2-web

A cultura chinesa de colmeia

 

«Se a China tivesse reagido ao surto de Covid-19 três semanas antes, 95% dos casos de coronavírus poderiam ter sido evitados, segundo conclui um recente estudo da Universidade de Southampton.

E de acordo com Steve Tsang, director do SOAS China Institute da Universidade de Londres, “foi o encobrimento do Partido Comunista nos primeiros dois meses que criou as condições necessárias para gerar a pandemia global”.»

A perigosa armadilha oriental


A 11 de Março, escrevi o seguinte:

«Eu não tenho dúvidas nenhumas acerca do seguinte: o regime comunista chinês — ao contrário do regime russo, construído sobre uma sociedade de tradição cristã — não tem qualquer pejo em sacrificar milhões dos seus próprios cidadãos para causar um qualquer dano ao Ocidente.

Nós não devemos ver a China com os olhos da tradição cristã ocidental: a mente chinesa funciona de modo diferente da nossa


A cultura chinesa de colmeia tem origem no Confucionismo multi-milenar, que o Partido Comunista chinês aproveitou de uma forma primorosa.

cultura-colmeia-web