Um bom maomerdano viola uma mulher enquanto reza a Alá

allahu-goat-webImaginem um cristão medieval a rezar um Pai-Nosso e duas Avé-Marias enquanto violava uma mulher. E, à medida em que a violação sexual se prolongava no tempo, aquele bom cristão da Idade Média passava a rezar o Terço enquanto “montava” a vítima.

Eu não tenho conhecimento de que alguma vez isto tivesse acontecido no mundo da cristandade. O cristão normal sabe que a violação sexual é um mal intrínseco — fisicamente e espiritualmente.


Mas, para o Islamismo (caracterizado por uma endogamia milenar que reduziu drasticamente o QI médio da população) , a violação de uma mulher é um acto bom, comandado por Alá:

« A survivor of a Muslim rape gang in the UK has said that her rapists would quote the Qur’an to her, and believed their actions justified by Islam.

On another occasion, Muslim migrants in France raped a girl and videoed the rape while praising Allah and invoking the Qur’an. In India, a Muslim gave a Qur’an and a prayer rug to the woman he was holding captive and repeatedly raping. And the victim of an Islamic State jihadi rapist recalled: “He told me that according to Islam he is allowed to rape an unbeliever. He said that by raping me, he is drawing closer to God…He said that raping me is his prayer to God.” In India, a Muslim kidnapped and raped a 14-year-old Hindu girl, and forced her to read the Qur’an and Islamic prayers. In Pakistan, another Christian woman recounted that her rapist was also religious: “He threw me on the bed and started to rape me. He demanded I marry him and convert to Islam.»

France: Muslim who quoted Qur’an while raping his victim

No Islão, quem viola uma mulher é considerado um santo.

O Corão é bem explícito: as suras 4:3, 4:24, 23:1-6, 33:50, 70:30, entre outras, incitam os Maome(r)danos a violarem mulheres para se transformarem em santos.

Naturalmente que, para a Esquerda, pelo facto de eu criticar a santificação da violação das mulheres, por parte dos Maome(r)danos, passo imediatamente a ser classificado de “racista”, “xenófobo” e “islamófobo”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s