A notícia da morte de Pedro Barroso chocou-me

Vêm-me à memória as romarias de Verão da década de 1980, por esse Portugal do norte, onde as canções do Pedro Barroso eram imprescindíveis.

Não é só a questão da ausência do cantor: é também o truísmo que é a consciência de que essas boas memórias são de um tempo que não volta mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s